Publicado por: sadeckgeo | setembro 4, 2011

TerraClass 2008 – Amazônia revelada

É com grande satisfação a que venho comentar sobre esse que é um dos carros-chefes do Centro Regional da Amazônia, mais conhecido como INPE – Amazônia.

Nessa sexta-feira 02/09/2011 foi divulgado o projeto TerraClass 2008. Projeto esse, que objetiva verificar, ou melhor, qualificar o desflorestamento indicado pelo projeto PRODES, classificando os polígonos de desflorestamento em 15 classes.

Tive a oportunidade de participar efetivamente da 1° etapa do projeto, quando divulgamos amplamente as áreas de regeneração ou floresta secundária. Posso afirmar que esse é um projeto sem igual e que teve um empenho fantástico da equipe, que enfrentou muitas dificuldades, por isso gostaria de dar os parabéns a todos.

O TerraClass acalorou as discussões sobre as áreas de pastagem e a contribuição econômica que essa atividade traz para a Amazônia, também sobre as mudanças climáticas e sobre o novo código florestal, que segundo a Ministra do Meio Ambiente, o projeto deu uma enfraquecida no discurso daqueles que defendem a flexibilização do novo código.

“Não tem como dizer que a agricultura é a responsável pelo desmatamento, ela não é um vetor importante. O uso que nós fizemos da floresta não foi nobre, não foi para a agricultura produtiva, foi para a agropecuária que ainda hoje é extensiva e precisa de políticas públicas para usar melhor a terra que a gente roubou da natureza”, afirmou Gilberto Camara.

 A disponibilidade dos dados para download será a partir de terça-feira 06/11/2011 no site (http://www.inpe.br/cra/index.php). Esperamos que os dados sejam amplamente utilizados e que partindo deles possamos ter outros tipos de análises que deem suporte para uma gestão ecologicamente correta do território.

Vejam a matéria que saiu hoje no jornal local (O Liberal).

Clique na imagem para ampliar.

Links relacionados:

Fatos Florestais da Amazônia

Relatório GeoAmazônia da ONU

Projeto Cartografia da Amazônia

Desmatamento da Amazônia: Visão INPE

Relatório do Seminário “Desmatamento da Amazônia: um diálogo necessário. É possível?”

Seminário no Goeldi debate desmatamento na Amazônia

Artigo – Anais XIII SBSR 2007


Responses

  1. A realidade é triste mas a iniciativa do projeto é louvável. Parabéns a todos os envolvidos do INPE e da EMBRAPA.
    Parabéns Sadeck pela sua participação e pela divulgação.
    Abraços.

    Curtir

  2. Dizer que a agropecuaria extensiva tem relacao direta com o desmatamento na Amazonia eh chover no molhado.

    Sem falar que no rastro da degradacao vem a grilagem de terras, o trabalho escravo, a concentracao de renda, o empobrecimento das populacoes locais e tradicionais, qdo nao a expulsao das mesmas pelo exodo rural via .38.

    Quando eh que essa pouca vergonha vai acabar?

    Parabens ao INPE e a todos que enxugam gelo nesse pais…

    Um abraco.

    Curtir

  3. Saiu o Sumário de divulgação do TerraClass 2008. Aproveitem para baixar.
    http://bit.ly/oVZgx0

    Curtir


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: