Publicado por: sadeckgeo | maio 29, 2009

Livro: Viagem ao SIG

Viagem ao SIG_Há algum tempo, nas buscas pela internete, achei um livro bem interessante que descrevia a Implantação de um SIG como uma viagem de férias. O livro, virtual, chamou minha atenção, na época eu era iniciante nas ciências da terra e nas geotecnologias. Lembro de ter copiado e formatado todas as partes do livro, transformando-o em um (.pdf). Os anos se passaram e o mesmo ficou no deposito da lembrança, hoje fazendo uma arrumação no “deposito” achei meu (.pdf) e resolvi procurar pela página onde pudesse encontrá-lo, felizmente ela ainda continua ativa e hoje posso indicar aos que se interessarem uma viagem de férias por esse bom livro de Roberto Ferrari Júnior.

Viagem ao SIG contém quatro partes. A Parte I apresenta soluções alternativas quanto ao (SIG) destino da viagem: possíveis usos, participantes, alternativas para parcerias, para custeio do projeto, e assim por diante. Como em um guia de turismo, a Parte I mostra onde é possível chegar; apresenta opções bem como vantagens e desvantagens de cada uma delas. A escolha das alternativas mais adequadas fica a cargo do leitor pois é este quem melhor conhece suas necessidades.

O assunto da Parte II é o caminho até o SIG desejado. A Parte II mostra como planejar a viajem e como cuidar para que tudo saia conforme o planejado (planejamento e gerenciamento da implantação). Em outras palavras, a Parte II mostra como chegar lá.

Quando o turista já chegou lá, onde vai passar as férias, ele deve tomar cuidados para que sua estada seja perfeita. O guia de turismo se preocupa com isso e apresenta dicas como: “use roupas leves”, “tome cuidado com assaltos”, “alugue uma bicicleta”, “não esqueça o passaporte”, e assim por diante. Na implantação de SIGs é semelhante. Uma vez implantado o SIG é preciso gerenciá-lo para garantir que tudo continue correndo bem. Este é o assunto da Parte III: Gerenciamento de um SIG Operacional ou “Como Ser Feliz Lá?”.

Algumas revistas de turismo descrevem viagens de repórteres ou pessoas famosas a certas localidades. Como já passaram pela situação estas pessoas têm experiência para opinar. Além de trazerem conselhos de pessoas experientes, essas reportagens ajudam o leitor a ter uma visão mais real de um passeio como aquele. A Parte IV tem algo em comum com esse tipo de reportagem. Pessoas que já fizeram a viajem (pessoas que já implantaram um SIG) contam como foi o passeio, ou como gostariam que ele tivesse sido. A Parte IV apresenta Exemplos de Soluções ou “Caminhos Já Percorridos”.

Link: http://www2.dc.ufscar.br/~ferrari/viagem/inicial.html

Relacionados:

Livro: “Projeto RADAM: uma saga Amazônica.”

Livro: Mapeamento de Riscos em Encostas e Margens de Rios

Livro sobre Cadastro Multifinalitário MCidades

Livro: WORKSHOP GEOTECNOLOGIAS APLICADAS ÀS ÁREAS DE VÁRZEA DA AMAZÔNIA


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: